outro sonho

era um sonho, tipo real, sonhado. eu queria falar com ela, por amor, ou por ausência do amor. doia-me a dor. liguei, mas ninguém atendeu. reparei, tinha errado um dígito. dígitos em sonhos são detalhes, combinações de cor, algoritmos pulsantes que parecem número. digitei de novo. uma mulher atendeu, solícita, entregue, acho que gostou da minha voz. eu não, eu queria falar com ela, não com esta mulher que se jogava em mim, para mim, pela voz no telefone celular. desliguei. meu filho durmia num cómodo. não estava preocupado, só queria falar com ela, para minha vida continuar. ela não queria falar comigo, era obvio. senão, talvez, só talvez ela teria ligado para mim. a policia chegou. sonho muito com policiais se fazendo reais no meu sonho. psicológos dizem explicam, mas eu não ouço, nem acredito muito na explicação dos sonhos. sonho. cadê ela? liguei de novo, meu filho no quarto, a policia invadindo a casa querendo pegar alguém, sei lá quem. ela não atende. o número é o correto, minha mente lembra perfeitamente o número de la. ela não atende. não quer falar comigo….

Anuncios

2 pensamientos en “outro sonho

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s