O gol do Milton

Milton liga a televisão na procura de algo que o tire do tédio. Zapeia canais como quem mastiga um chiclete. Evita os jornais. Os programas sensacionalistas. Não quer saber do clima. Nem do trânsito…

Goooool … ele ouve e se detém no futebol.

Milton torce por time nenhum. Nem de clubes nem de seleção. Procura sempre entender as formações. Perceber a posse da bola. Os erros de marcação.

“Porra, chuta direito…” ouço do lado dele, enquanto bebo mais um gole.

Futebol é dessas raras vezes que Milton perde o controle de sim. “Caralho, seu filho da puta…” ele xinga de ambos os lados. Não quer que ganhe alguém específico, “é pelo jogo bonito”.

Quando o comentarista enche muito o saco dele, Milton aperta o mute e espera a jogada passar. Em silêncio, ele aguarda, bufando, puto.

Durante o jogo, Milton torce pelo jogo ficar melhor. Se um time faz um gol, imediatamente torce pelo outro, querendo o empate ou até, o time virar. O vencedor tem que ser a nossa diversão.

Com o apito final, Milton pega uma bola murcha de um canto de casa. Faz umas embaixadinhas. Dribla a mesa, as cadeiras. Levanta-a do chão e chuta contra a tevê. “Golaçooo…” se contenta.

Depois pega cuidadosamente os cacos de vidro. Fim do partido, lá em casa.

Anuncios

2 pensamientos en “O gol do Milton

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s