Olhar

“Olha pai, aquele é o prédio da exposição das bolinhas”.

Você referia-se à exposição da japonesa Yayoi Kusama, no Instituto Tomie Ohtake. Eu sabia que tinhas ido lá, por uma foto que a mamãe me enviara, no meio daquela infinidade de bolinhas vermelhas.

O prédio do Instituto é visivelmente um dos prédios mais reconhecíveis no skyline paulistano. Avermelhado e solitário destoa do cinza da cidade, lá no baixo Pinheiros.

Prédio projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake, sede do Instituto Tomie Ohtake.

Prédio projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake, sede do Instituto Tomie Ohtake.

Nós estávamos na rua Augusta, na fila do Cinesesc, e o prédio que você assinalava, era um outro, também destoante, também imponente e reconhecível: o hotel Renaissance.

Eu olhei pra cima, e era absurda a semelhança: “é Benja, esse aí parece mesmo muito com o prédio das bolinhas”.

Eu sabia que não era o prédio que imaginavas, mas ambos dois eram muito parecidos. Alternando entre andares, o vermelho e o preto. Dois prédios com quinas arredondadas, e com um eixo central – talvez os elevadores – bem marcante.

Hotel Renaissance, projetado pelo Ruy Ohtake

Hotel Renaissance, projetado pelo Ruy Ohtake

Era o teu olho incrível de quatro aninhos, desde teu quase metro, pé no chão olhando para o céu azul cortado de fios e postes e prédios. Poderia parecer obvio teu acerto, mas não a minha surpresa: Os prédios foram projetados pelo mesmo arquiteto: Ruy Ohtake.

Minha felicidade, desenhada em pequenos detalhes entre o vermelho e o preto, atravessara o céu pintado da cidade.

Sorri de olhos. Eu e você, um abraço, e um projeto gigante de prédios, bolinhas e surpresas.

Anuncios

Un pensamiento en “Olhar

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s