Milton, poeta feliz

Milton escreveu na parede branca: “Só o amor vale a vida” e em silêncio, agarrou suas poucas coisas e saiu.

Para um poeta, paredes brancas são só o começo de uma larga jornada. Um dia sem viver era um dia menos.  Um dia sem escrever equivalia à morte.

Eu tive a imagem clara de um fantoche palhacinho se soltando das cordas do seu mestre artista. E tive a certeza, alguém nessa ilusão morreria.

“Cada um que lute pela sua felicidade” me gritou Milton, corria pelo corredor que o afastou de mim.

À noite ele me contou que tinha achado um lugar cheio de gente disposta a ser feliz. E contou que eram bonitos e bem vestidos. As pessoas o olhavam e sorriam, como se tivessem a possibilidade de Milton se aproximar, e num instante abraço experimentar daquela felicidade.

Eu desconfiei dessa euforia. Não existe poeta feliz.

Quando tocou a primeira música os braços e os gritos se levantaram. As luzes queimaram tudo. Parecia dia de libertação.

O homem loiro de nome judeu vibrou o corpo e espalhou a transa. Sua voz era os fios daqueles fantoches que dançavam. Dentre eles, Milton, poeta infeliz, como todo poeta que se respeita.

E soltou os ombros e as pernas. Misturou o suor com o dos outros. Sorriu, pulou, repetiu refrães. Arriscou um olhar no olho do judeu sobre o palco, e não deu certo, mas não desapontou.

Teve uma hora que apareceu um ancião. Era preto de cabelo e barba branca. Quase cego dos olhos. De terno e zapatos blancos. E Milton reconheceu o guardião. Poetas se conhecem pelo que não dizem. O guardião falou como criança que fala, parece que de tanto brincar não quer falar. Fala engraçado. Fala bonito de se ouvir.

Quando o guardião cantou ouve um silêncio. Todos dançavam menos ele, poeta maldito longe de mim. Ele chorava e sorria. Chorava e sorria de tanto sorrir. Sorria, e chorava de tanto ser feliz.

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s